Domingo, 20 de Maio de 2007
Desportivo de Beja desce à Distrital (Actualização - 24 de Maio)
Confesso que ainda estou algo atordoado com a notícia que recebi esta tarde. O CD Beja desceu à 1ª Divisão Distrital. Num desfecho inesperado, a equipa da Rua do Sembrano acabou por descer de escalão, quando, nem há coisa de um mês, se falava na possibilidade de subir!!!! Durante a semana que passou, as relações entre a direcção e os jogadores deterioraram-se - comunicados, conferências de imprensa, falta de pagamentos, etc... - para saber mais, clique aqui.
No último e decisivo jogo com o Cova da Piedade, cerca de 18 jogadores da equipa sénior recusaram-se a jogar enquanto não lhes fosse pago o que era devido. Deste modo, o Desportivo apresentou-se com os júniores, perdendo por 9-0, apesar de os séniores se terem deslocado nas suas viaturas, sendo-lhes recusada a entrada nos balneários, ao que parece por ordem da direcção do Desportivo. Sei que há muitas informações diversas e dispersas. Apenas estou a tentar reunir o que ouvi na Comunicação Social. Se houver alguém que me possa corrigir e/ou elucidar, que avance. Sem problemas.

Não tenho conhecimentos muito profundos para dizer quem é que tem, ou não, razão. O importante é que o clube atravessa um dos períodos mais negros da sua história. Deve definir-se, de uma vez por todas, o que se pretende fazer. Os últimos anos têm sido uma morte lenta, apesar de todos os esforços de dirigentes, sócios, atletas, etc...

Haverá uma assembleia geral no próximo dia 6 de junho. Os sócios têm a palavra. Na minha modesta opinião, o Desportivo deveria apostar em angariar mais sócios, apostar na formação do futebol, apostar na conquista do distrital e regresso à 3ª divisão já na próxima época e deve apostar na introdução de novas modalidades, de modo a cativar gente nova e meter sangue novo no clube. Um clube com a história e dimensão do Desportivo não se pode resumir ao futebol. Se pensarmos bem, até pode ser uma ferramenta importante para preservar a grandeza da instituição.

Parece, mais uma vez digo que se trata da minha opinião, que se passa com o CD Beja aquela velha história de que "em casa que não há pão, todos ralham..." - a culpa acaba por ser um pouco de toda a gente - dirigentes, sócios, atletas. Já são muitos os anos a sobreviver com muitas dificuldades e todos estão muito cansados e desiludidos. Pode ser que esta descida de divisão sirva para alertar todo o universo à volta do clube para a sua realidade: ou pegamos no clube, todos juntos, e lutamos para que ele esteja numa posição que merece; ou deixamos que as coisas se resolvam por si só, até o clube fechar as portas. Quero deixar uma palavra de apreço aos jogadores que, ao longo da época, deram o máximo em prol do clube, jogando em situações muito complicadas, de enorme esforço físico e psicológico; aos dirigentes que deram tudo em benefício do clube, muitas vezes privando-se de muitas coisas em benefício do clube; aos sócios e simpatizantes do nosso clube, que vão ao estádio todas as semanas e que acompanham a equipa por todo o lado - a todos um grande bem haja!! Temos de conseguir dar a volta por cima. E só conseguiremos isso... JUNTOS!!!

Uma palavra de apreço muito, mas mesmo muito, especial à equipa júnior que se deslocou hoje à margem sul do Tejo. O vosso esforço e dedicação enobreceu o clube e foi motivo de orgulho para os sócios e simpatizantes. Apesar de não jogarem há mais de um mês, acabaram por revelar coragem e determinação. Só resta agradecer, do fundo do coração, e fazer tudo para que o vosso sacrifício não tenha sido em vão!!
http://cdbeja.no.sapo.pt
(Actualização - 22 de Maio)
Para obter informações mais recentes sobre a crise do CD Beja, clique aqui. O presidente do clube estará no programa Conselho de Opinião, depois das 18 horas, na Rádio Pax. Para saber mais e sugerir perguntas, clique aqui.
Blogs que tecem algumas considerações sobre esta matéria. Aqui e aqui.
(Actualização - 24 de Maio)
Ontem, por volta das 22 horas, tive a oportunidade de ouvir a repetição da entrevista a António Romão, presidente do Desportivo. Confesso que não gostei. Acho que se passou ao lado de muito assuntos e o ambiente foi demasiado "informal", tendo em conta os esclarecimentos que se exigiam. No dia 6 de Junho há assembleia geral e espero que os associados possam ser esclarecidos e ajudar o clube, os seus dirigentes e atletas. E que este ambiente tenso possa estar mais desanuviado.
Espero que se comece, o quanto antes, a discutir o futuro do Desportivo. Isso é que é importante e não continuar a lavar roupa suja, de modo a salvaguardar a imagem do clube.
As perguntas que se impõem são: como é que se vai preparar a próxima época desportiva? Como é que o clube vai ter capacidade para refazer um plantel do zero, caso se confirmem a saída de tantos jogadores; o clube está disposto a (re)introduzir modalidades amadoras no clube, abrindo a porta a novos atletas e novos sócios?
A propósito desta última questão, gostaria de destacar a Capricho Bejense. Veja-se como esta instituição, depois de ter passado por períodos complicados, conseguiu passar de moribunda a dinâmica graças à introdução de novas actividades e de sangue novo. Aquilo que, na minha opinião, o CDB deveria fazer.
Para saber mais notícias sobre o Desportivo, clique aqui, aqui, e apontamento humorístico aqui.

tags:

publicado por Ricardo Cataluna às 23:34
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De RCataluna a 25 de Maio de 2007 às 23:54
H:

Compreendo que o tempo não é eterno em rádio. E o estilo do programa é perfeitamente legítimo. Creio que é perfeitamente compreensível que, enquanto sócio do CDB, esperasse algo diferente, queria mais respostas, achei que era uma boa altura esclarecer pontos que me parecem importantes. Contudo, agora que a poeira começa a assentar, percebo que era difícil ter um programa melhor, por vários motivos:

- Ainda hoje, parece inconcebível que o Desportivo tenha descido. Era um cenário muito pouco plausível, mas aconteceu. Julgo que agora é que começamos a interiorizar a descida e a pensar o clube.

- O próprio Dr. Romão deve estar a o pensar na melhor estratégia para o clube, o que não será fácil. E na passada terça as coisas ainda estavam muito quentes.

- Nesse sentido, a assembleia do dia 6 de Junho reveste-se de especial importância para o futuro do clube: a estratégia do futebol; saber se o CDB tem capacidade para ter um equipa sénior; saber se deve apostar na formação e na introdução de novas modalidades; ter uma noção exacta da situação financeira; como é que se pode ter um clube mais aberto à cidade e não estar à espera que a cidade vá ter com o clube - tudo isto é muito importante e deve ser discutido com serenidade e sem complexos.

Abraço e bom fim-de-semana!

PS: Adorei o post sobre a Praça!!


De H a 25 de Maio de 2007 às 21:51
@rcataluna - Aceito a sua critica ao Conselho de Opiniao! É honesta e genuína! Ainda que não a subscreva!
Apenas duas notas; a primeira para dizer que era impossível falar de tudo; a segunda, para explicar que, bem ou mal, o "informalismo" é o estilo do programa!
Cumprimentos


De RCataluna a 24 de Maio de 2007 às 17:55
Anónimo:

Antes de mais, obrigado pelas simpáticas palavras!

Exactamente! O Desportivo deve aproveitar esta oportunidade para reflectir, de uma forma muito séria, sobre aquilo que pretende para o futuro. Geralmente, é nos momentos de maior dificuldade que nascem os grandes projectos e as grandes conquistas. Espero que a assembleia do dia 6 de Junho vá nesse sentido!


De Anónimo a 23 de Maio de 2007 às 10:24
Antes de mais, quero congratular o blog. Porquê? Porque sim, porque gosto. Quanto ao CDB concordo convosco: há que virar página e olhar para o futuro, tentar dignificar a instituição. Mas devem todos reflectir sobre os seus erros (mas sinceramente e não como foi feito na pax, ontem). A propósito, também me pareceu um "arranjinho", mas se pensarmos em quem estava presente e o elenco de comentadores e que ligações têm ao clube: fornecedores (ou filhos de), elementos da própria direcção (parece-me da parte juvenil), etc. e não ouvimos a outra parte. Mas, para mim chega. Todos os anos é a mesma coisa: polémica e confusão...e muita comunicação sociela à mistura (porque será?). Mas, infelizmente, não deixa de ser o espelho da nossa sociedade...Força a todos, venha quem vier.


De RCataluna a 22 de Maio de 2007 às 22:26
Anónimo:

A culpa é, de facto, um pouco de todos. O que importa saber, neste momento, é o que é que o Desportivo pretende para o futuro.

Jocasipe:

Não consegui ouvir o programa todo. Mas do que ouvi, não gostei. Vou tentar ouvir a repetição amanhã. Não me interessa saber quem é que tem culpa. Pretendo saber o que é que o Desportivo pretende fazer no futuro. Espero que a assembleia geral dê respostas.

Abraço!


De jocasipe a 22 de Maio de 2007 às 22:09
Que flop de entrevista na PAX. Estavam todos a fazer um arranjinho ou quê?


De Anónimo a 22 de Maio de 2007 às 17:36
O desportivo neste momento é uma vergonha para a cidade de Beja. O "Grande" clube do distrito desiludiu todos os adeptos do futebol distrital. A culpa?!É de todos...dos mercenários dos jogadores e dos mafiosos dos dirigentes


De jocasipe a 22 de Maio de 2007 às 11:12
Triste. Bem triste. nem queria acreditar quando soube os resultados... Ontem já tive oportunidade de ouvir o comunicados dos jogadores e as explicações do Presidente. Inconclusivo. Tudos têm alguma razão, mas todos tem alguma culpa. Parece-me que o presidente não quis dar o braço o torcer, comprometendo assim a manutenção do D. Beja ma III Divisão. Aguardemos os próximos capitulos. O dinheiro do parque da ovibeja foi prometido aos jogadores? e não foi entregue porquê?


De RCataluna a 22 de Maio de 2007 às 00:47
Zig:

É verdade que o Desportivo não tinha a melhor equipa do mundo. Mas daí a descer de divisão... nunca pensei...

Acaba por ser um (triste) reflexo da cidade que temos...

Abraço!


De Zig a 21 de Maio de 2007 às 13:13
É realmente estranho! Lembro-me perfeitamente da conversa que falava sobre uma eventual subida, e agora, a descida! Não podia haver contraste maior!

Bem, para mim, tudo começou com a história ainda não muito bem explicada das bombas de gasolina. O certo foi que o desportivo ficou sem uma provável fonte de rendimentos, e é como tu dizes, em casa onde não há pão, todos ralham!


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
Twitter
Receba O Bom Gigante por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Podcast

Subscribe Free
Add to my Page

 Subscreva o podcast d' O Bom Gigante

pesquisar
 
E-Learning
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Links
Rádio do Blog
subscrever feeds