Segunda-feira, 30 de Junho de 2008
Eu quero ser intelectual*

pensamento fugaz e magistral

razões de senso comum

certeiras cabeças de atum

sangue azul voa pela mitral

 

eu quero ser intelectual

cabeça de cartaz

artigo de jornal

artista capaz

 

a correspondência imensa electrónica

rajadas de verborreia incessante

o acento na sílaba tónica

voz palpitante e cantante

 

eu quero ser pensante

coloquial em colóquios coloquiantes

ter cérebro de turbante

esculturas no lugar de estantes

O Bom Gigante


* poema escrito há testículos e testículos de anos, recuperado pela minha mulher, no meio de umas gavetas repletas de amnésia.


tags:

publicado por Ricardo Cataluna às 15:11
link do post | comentar | favorito

Contacto
Mail
O meu perfil
Twitter
Receba O Bom Gigante por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Podcast

Subscribe Free
Add to my Page

 Subscreva o podcast d' O Bom Gigante

pesquisar
 
E-Learning
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
Rádio do Blog
subscrever feeds