Terça-feira, 26 de Agosto de 2008
Não podemos tirar Boliqueime do rapaz

O Bruno já tinha feito referência ao assunto, onde deixei o meu comentário, e agora foi a vez do Atlântico. Haja paciência para aturar esta gente...


tags:

publicado por Ricardo Cataluna às 23:07
link do post | comentar | favorito

9 comentários:
De filomeno a 27 de Agosto de 2008 às 08:57
Lo más importante en un dirigente político es que "no meta la pata". Y el Profesor Cavaco, nacido en Fonte de Boliqueime, se caracteriza por la sobriedad y discreción de sus declaraciones.


De Ricardo Cataluna a 27 de Agosto de 2008 às 21:35
@filomeno:

Hay quien piense que él es demasiado discreto...
Creo que se limita a cumplir lo que prometió.


De celtiberix a 27 de Agosto de 2008 às 13:54
O problema é que "D. Cavaco non mete la pata".
Lembram-se do Corticinhas?, que por mais ondas que houvesse estava sempre ao de cima?
Cá por mim "VIVA BOLIQUEIME" e o rapaz que vá à sua vidinha (até lhe mudu o nome...parolice)


De Ricardo Cataluna a 27 de Agosto de 2008 às 21:39
@celtiberix:

Cavaco tem cometido erros. Mas não o estou a ver a fazer muito mais do que tem feito. E ele até tem cumprido com o que prometeu, que é, basicamente, não levantar ondas.
A questão é a seguinte: o país atravessa uma crise generalizada. Até quando é que ele vai aguentar sem começar a partir a loiça a sério?


De noctivaga a 27 de Agosto de 2008 às 22:52
Essa "piquena" pensa que é um ser superior contudo quando escreve ou fala não passa de uma mal educada e demonstra uma baixo nivel de cultura. Mas mesmo assim continua com espaço na tv. Haja paciência...


De Ricardo Cataluna a 28 de Agosto de 2008 às 00:14
@noctivaga:

Acho que este artigo lhe saiu muito mal. Quis fazer uma coisa espirituosa e não conseguiu. Será que ainda não engoliu o facto de não ter um Presidente da sua área politica? Que raio de complexos é que esta gente tem com Cavaco?


De noctivaga a 27 de Agosto de 2008 às 22:53
é o que dá escever á pressa. Leia-se "um " e não uma.


De zig a 28 de Agosto de 2008 às 00:41
Ainda não entendi o quê é que muita boa gente espera de um PR! Portugal tem a constituição que tem, tem o sistema político que tem, pois então, querem que um PR estraga ainda mais as coisas? Num país onde muita gente mais se preocupa com as palavras que uma pessoa diz do que com os seus feitos, o quê é que um PR pode mudar? Pouco ou nada!


De Ricardo Cataluna a 28 de Agosto de 2008 às 00:45
@zig:

Exactamente! E se ele tentar fazer alguma coisa, será acusado de provocar um "golpe de estado institucional"...


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
Twitter
Receba O Bom Gigante por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Podcast

Subscribe Free
Add to my Page

 Subscreva o podcast d' O Bom Gigante

pesquisar
 
E-Learning
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
Rádio do Blog
subscrever feeds