Sábado, 6 de Setembro de 2008
Isto é normal?

No Público de 5 de Setembro:

 

Condoleezza [Rice] foi recebida por José Sócrates e pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, na entrada principal da residência oficial do primeiro-ministro ao fim da tarde, onde, em atitude provocatória, alguns dos jornalistas apresentavam crachás pró-Obama com o slogan "Yes, we can" - estrategicamente escondidos debaixo das lapelas.

 

São jornalistas ou militantes do BE? Ou do PCP? É legítimo ter as suas opções políticas. Mas numa profissão com exigências de equidistância e imparcialidade, exigia-se um pouco mais de decoro...



publicado por Ricardo Cataluna às 00:06
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De zig a 6 de Setembro de 2008 às 23:06
São os efeitos da globalização...:))


De Ricardo Cataluna a 7 de Setembro de 2008 às 19:02
@zig:

ahahahahaha, bem visto:)



De António de Almeida a 8 de Setembro de 2008 às 16:01
-Depois ninguém se poderá admirar se a senhora recusar responder a perguntas. Também é um direito que lhe assiste.


De Ricardo Cataluna a 8 de Setembro de 2008 às 19:48
@antónio de almeida:

Exactamente! Não percebo o que é que ganham com este tipo de provocação... Podem não concordar com a senhora, mas isto é má educação...


De daplanicie a 9 de Setembro de 2008 às 16:12
Mas isso é o que mais anda por aí...gente mal educada que não tomu chá no berço! :-)
Cumprimentos


De Ricardo Cataluna a 10 de Setembro de 2008 às 19:08
@daplanicie:

Nem mais!!

Cumprimentos!


De Snoopy a 11 de Setembro de 2008 às 20:38
É de facto uma atitude provocatória censurável. Revela falta de bom senso e boa educação. Já agora... onde posso arranjar um desses crachás? Teria muito gosto em usar. Tenho bom senso, não sou jornalista (e não tenho de ser imparcial) Ah! E também não sou militante nem simpatizante do PCP ou do BE . Yes , we can !" Obama 2008


De Ricardo Cataluna a 11 de Setembro de 2008 às 22:46
@snoopy:

Antes de mais, obrigado pela visita!

Eu apenas referi o exemplo do BE e do PCP, porque estes partidos tinham o hábito de organizar manifestações contra elementos (ou antigos elementos) da Administração Americana quando visitavam o nosso país. Que fique claro que tinham, e têm, toda a legitimidade para tomarem as decisões políticas que entenderem, desde que respeitem as regras do jogo democrático. Também não quero conotar os apoiantes de Obama com estes partidos porque, em Portugal, o candidato conta com diversos apoios, do BE ao CDS. Eu próprio não nego uma certa inclinação por Obama, apesar de simpatizar com McCain.
Quanto aos crachás, confesso que não sei. Creio que se consultar algum site de apoio a Obama, deverá conseguir alguma informação nesse sentido.


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
Twitter
Receba O Bom Gigante por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Podcast

Subscribe Free
Add to my Page

 Subscreva o podcast d' O Bom Gigante

pesquisar
 
E-Learning
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Links
Rádio do Blog
subscrever feeds