Sábado, 30 de Janeiro de 2010
Qualquer um pode dar Espanhol?

Falo com o à vontade de quem nunca deu aulas no ensino oficial, nem quer dar. 

Como sabem, o ensino do Espanhol tem aumentado de forma significativa no nosso país. O número de alunos aumentou muito e a formação de professores na área ainda é muito recente. Licenciei-me na Faculdade de Letras em Português/Espanhol, tendo consciência de que nunca quis dar aulas. Dou formação, o que, apesar de tudo, ainda tem muitas diferenças em relação ao ensino oficial. Contudo, não posso deixar de exibir o meu espanto (expressão simpática) perante a quantidade de professores de Espanhol que apareceram de um momento para o outro. Parece que um professor de História, por exemplo, se provar que tem formação de Espanhol (um curso do Espanhol ou um semestre na faculdade são suficientes) pode ultrapassar um professor muito mais especializado e formado naquela área. Institucionalizou-se a ideia de que o Espanhol é "uma treta" e é bastante fácil. Nada mais errado. Quem estudou Espanhol a sério sabe que as coisas não são assim. Espero que o Minsitério da Educação tome uma posição sobre este assunto. Isto não acontece, pelo menos a esta escala, com mais nenhuma disciplina. Já chega de nivelar o ensino por baixo. 



publicado por Ricardo Cataluna às 23:29
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De celtiberix a 31 de Janeiro de 2010 às 16:37
Caro amigo:
ainda não reparaste que vives num "país" em que o primeiro-ministro vai a Espanha e fala de coisas "sémélhantis"? Tu próprio o denunciaste, eh eh!
Quanto ao ensino, repara que quanto a este governo (deixem-se de coisas: foi o anterior? com o mesmo ditadorzeco `à frente?) já ninguém se lembra que quiseram acabar com o ensino da Filosofia, Intenção de destruir o pouco espírito crítico (estruturado)ainda existente na adolescência deste "país"...
E que dizes acerca do ensino da Psicologia no ensino secundário? Só estás habilitado se tiveres um curso de Filosofia, se fores licenciado em Psicologia o melhor é desistires...


De Ricardo Cataluna a 1 de Fevereiro de 2010 às 21:09
Essa de quererem acabar com a Filosofia só podia vir de um governo destes. De bradar aos céus!

Essa da Psicologia não sabia! Penso cada vez mais como a Maria Filomena Mónica, que cito de memória: "há um grupo de pedagogos no Ministério da Educação que devia ser regado com napalm".


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
Twitter
Receba O Bom Gigante por mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Podcast

Subscribe Free
Add to my Page

 Subscreva o podcast d' O Bom Gigante

pesquisar
 
E-Learning
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Links
Rádio do Blog
subscrever feeds