Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007
Ainda a educação - 2 Notas
- No Rádio Clube Português, pude ouvir parte de um debate sobre a Educação em Portugal. Ficou-me na memória uma breve exposição que cito de memória: "Antigamente, a escola era centrada na figura do professor - na sua autoridade, no seu conhecimento e estatuto; hoje, a escola vive numa paranóia à volta do aluno, excessiva, desenfreada, o bem estar do aluno é a única coisa que interessa. Na minha opinião, não se foca o que é realmente importante que é o conhecimento." Exactamente! O Conhecimento! É curioso ver como, apesar das "muitas" reformas efectuadas, nenhuma tenha uma preocupação com os programas. Continuam com os mesmos problemas de sempre: longos, desadequados e desajustados. Sem ter noção do que foi a democratização do ensino - as escolas são frequentadas por um corpo de alunos cada vez mais heterogéneo.

- Para além disso, esquece-se que muitas das medidas acabam por reflectir-se anos mais tarde. Este facilitismo em passar os alunos, as vicissitudes de programas como as Novas Oportunidades, a obsessão com os números , com o aumento da taxa de aprovação, vai-se pagar muito, muito caro.

tags:

publicado por Ricardo Cataluna às 22:03
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De RCataluna a 11 de Novembro de 2007 às 00:14
daplanicie:

Obrigado! Imagino...
Bom fim-de-semana!

trequita:

Não lhes dês ideias:)
Bom fim-de-semana!

jb:

Exactamente!

zig:

Também há cada vez mais gente que se começa a borrifar no 12º ano, por que sabe que pode, mais tarde, fazer as Novas Oportunidades...


De Trequita a 10 de Novembro de 2007 às 03:10
Caro amigo, para quê preocupar-se com os programas curriculares? Tenho a solução ideal para o país:
A entrega de um diploma de licenciatura recebido logo à nascença.
Ai, ai, isto vai de mal a pior!


De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 23:22
Meu caro amigo nem imaginas como concordo com cada uma das palavras que escreves! Sinto-o na pele todos os dias!!
cumprimentos


De JB a 6 de Novembro de 2007 às 18:55
@Zig - um oportunidade maravilhos... onde se paga por um computador que ao estado deve custar pouco mais de 300 euros, e onde o custo final anda na casa dos 750... isto e so jogadas de bastidores...

isto e mais ou menos como o carro do lixo que o rui rio ofereceu para africa...


De Zig a 6 de Novembro de 2007 às 09:38
Para mim, a maior razão de tanta aderência à essa "Nova Oportunidade" se prende com a quase oferta de um computador portatil! Será que ninguém vê isso?


De JB a 5 de Novembro de 2007 às 18:17
para que investir na educação se nao se tem resultados imediatos? isso nao dá votos... o que dá votos e mentir com as scuts e depois por portagens, o que da votos e dizer que nao se aumenta os impostos quando nao ha outra solução... acho que o problema nao e dos politicos e quem e que os coloca lá... com o meu voto ja nao contam a um tempo... que tem ido em branco...


De RCataluna a 5 de Novembro de 2007 às 12:09
jocasipe:

Isto vai ser tão mau...
Não percebo porque é que teimam em meter a cabeça na areia e não encaram os problemas de frente...


De jocasipe a 5 de Novembro de 2007 às 10:15
Daqui a uns anos (poucos) pagaremos essa (e outras) facturas.


De RCataluna a 3 de Novembro de 2007 às 19:15
jb:

Estou cada vez mais pessimista em relação a esta matéria. Vejo e ouço com cada coisa...

Abraço!


De JB a 3 de Novembro de 2007 às 04:49
nao admira a taxa de sucesso ser tao alta... os miudos hoje passam de ano como quem abre e fecha os olhos... e uma vergonha... ja dizia o salazar, um povo educado e um povo ingovernavel.... o que este governo esta a fazer a meu ver e a deseducar o povo... quando o que deveria fazer era o contrario...


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds