Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009
Irresponsabilidade

O Governo aprovou um conjunto de excepções de dispensa de concurso para obras por um período de dois anos e as autarquias estão incluídas neste regime.
É uma excepção à regra que permite a adjudicação directa de empreitadas até cinco milhões de euros - até agora o limite era de 150 mil euros - para obras sem concurso.

 

Uma medida eleitoralista, demagógica e que propicia a ocorrência de negócios menos claros. A factura chegará dentro de uns anos para pagarmos.

 

Nota: Apenas por curiosidade, que obras é que acham que o actual executivo camarário deveria e/ou gostaria de fazer com este dinheiro?


tags: ,

publicado por Ricardo Cataluna às 10:59
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De h - V&P a 9 de Janeiro de 2009 às 13:01
Gosto desta lei! Legaliza a corrupção em ano de eleições! Uma delicia de lei!


De Ricardo Cataluna a 9 de Janeiro de 2009 às 14:28
@h:

Caro H, acho que disse tudo!


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds