Terça-feira, 2 de Outubro de 2007
A Traição
quando do cavalo de tróia saiu outro
cavalo de tróia e deste um outro
e destoutro um quarto cavalinho de
tróia tu pensaste que da barriguinha
do último já nada podia sair
e que tudo aquilo era como uma parábola
que algum brejeiro estivesse a contar-te
pois foi quando pegaste nessa espécie
de gato de tróia que do cavalo maior
saiu armada até aos dentes de formidável amor
a guerreira a que já trazia dentro em si
os quatro cavalões do vosso apocalipse

Alexandre O'Neill


publicado por Ricardo Cataluna às 00:20
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De RCataluna a 2 de Outubro de 2007 às 18:10
@lumife:

Sem dúvida!

Abraço e boa semana!


De Lumife a 2 de Outubro de 2007 às 16:12
Não conhecia mas gostei muito. Retrato fiel de tanta situação real.

Um abraço


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds