Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007
Até que enfim...
Não gosto de Daniel Sampaio. Nunca gostei. Porquê? Tudo começou no ano de 1997, no auge da "paixão guterrista pela educação" (as aspas não são em vão). A minha mãe, nessa altura a dar aulas em Serpa, assistiu a uma conferência do irmão do ex presidente e ficou muito mal impressionada. Confesso que, na altura, pensei que a minha mãe exagerava. Contudo, depois de ouvir o dito senhor a falar, compreendi perfeitamente a sua repulsa por algumas declarações. Não tenho qualquer hesitação em dizer que o Dr. Sampaio é um dos grandes responsáveis pelo sídroma de ai-se-um-professor-espirra-para-cima-de-uma-criancinha-esta-fica-traumatizada, que se instaurou na nossa Educação. Sou da opinião de que tratamos as nossas crianças como "anormais", num sistema educativo cada vez mais "sem rei nem roque", mais indisciplinado, avesso a qualquer tipo de autoridade e, sobretudo, sem capacidade de exigência. De que vale haver taxas de aprovação mais altas se os alunos saem cada vez mais mal preparados?
O Dr. Sampaio, na dita conferência, dizia, de um modo menos subtil daquele que utiliza hoje, que a culpa de muitas coisas que se passavam na educação dos nossos jovens era, quase que em exclusivo, dos ... profesores, esses monstros de duas cabeças que cospem lava!
Mas o que é certo é que, ao longo dos anos, não houve ninguém, pelo menos que eu tivesse lido, que se atrevesse a beliscar as palavras do Dr. Sampaio. Gerou-se em torno do psicólogo um unanimismo (rrgghh) inquebrantável: e é ver o Dr. Sampaio em todas as conferências e debates sobre a juventude; e é ver o Dr. Sampaio a falar de coisas que já se estudam há muito pela Europa, como se fossem grande novidade; e é ver o Dr. Sampaio a tratar com alguma ligeireza algumas coisas muito sérias...
Tive que esperar 10 anos para ver alguém dizer algumas coisas contra o trabalho de Daniel Sampaio. E num jornal regional, neste caso numa coluna de opinião assinada por Paulo Barriga no Correio Alentejo! Mais vale tarde que nunca...
Para ler o artigo de Paulo Barriga, clique
aqui.

Sei que há muito gente que não concordará com a minha posição. Eu respeito aqueles que defendem a obra de Daniel Sampaio. Estão no seu direito. E eu estou no meu.


publicado por Ricardo Cataluna às 22:41
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De O Restaurador a 1 de Fevereiro de 2007 às 23:51
O último nome?!?!

Abraço!


De RCataluna a 1 de Fevereiro de 2007 às 22:57
Restaurador:

O que mais me faz confusão é que, tudo quanto ele diz, é como se fosse "palavra santa"! Mas o que é que ele tem assim de tão especial?

ABraço!


De O Restaurador a 31 de Janeiro de 2007 às 10:36
Estou como tu!... Nunca gramei muito este Dr. Daniel Sampaio!...

Subiu muito e depressa e acredito que não tenha sido somente por causa das suas teorias, se é que me faço entender...

Vivemos numa era em que fazemos os putos maricas... Se lhes damos uma palmada, é considerado maus tratos e podemos traumatizá-los, se os castigamos podemos traumatiza-los, se lhes dizemos que não também podemos traumatiza-los, assim sendo, o que é que não traumatiza os putos?!?!

Hoje já não vão para as ruas como se ia na nossa geração, porque podem ficar doentes, coitadinhos dos putos... É só Playstations e Computadores...

Em relação ao consumo de alcool na adolescência, relembro foi a geração do Daniel Sampaio, dos teus pais, dos meus pais que começaram a consumir alcool e drogas na adolescência! Eram os loucos anos 60 e 70...

Mas nós Ricardo, somos só uns gajos de cultura e que dominamos línguas estrangeiras, ele é o grande psicologo!...

Depois como é que Portugal há-de ir para a frente?!?! Em Espanha (cultura que tu conheces melhor do que eu certamente), Inglaterra, França, Alemanha ou Itália (culturas que eu estudei) as coisas não se passam assim!...

Abraço!


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds