Domingo, 24 de Junho de 2007
3 notas
Polícia procura refúgio da ETA no Alentejo(????)

Sempre que aparece uma notícia relativa à diminuição do números de inscritos nos centros de emprego, pensa-se que é porque o desemprego diminui. Se é verdade que pode ser por isso, também existem outros factores. Destacaria um dos mais relevantes, pelo menos por aquilo que conheço: há cada vez mais gente que, pura e simplesmente, desiste de estar inscrita porque os ditos centros não têm ajudado o suficiente, chamando periodimamente para reuniões que não levam a lado nenhum. Uma situação a rever pelo ministério responsável por esta área. Para saber mais, clique aqui.

Se tiverem oportunidade, leiam a coluna do António Barreto na edição de hoje do jornal
Público.


publicado por Ricardo Cataluna às 18:03
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De RCataluna a 26 de Junho de 2007 às 19:11
elisabete:

Como já falámos, uma palhaçada.
Bj e já te disse que te amo mto?

jocasipe:

É muito pouco provável que ataquem o nosso país, mas temos de estar mais atentos e interventivos, não esquecendo a discrição.

Quanto aos centros, seria muito interesante fazer um blog dedicado a esses acontecimentos...

António Barreto escreveu uma coluna que tem tanto de assustador como de certeiro.

Abraço!

Zig:

Também é verdade e mais: segundo ouvi no RCP, o número de imigrantes tem diminuído no nosso país, fruto, em grande parte, da crise económica...

Abraço!


De Zig a 26 de Junho de 2007 às 10:54
O pessoal vai mas é procurar emprego no estrangeiro, isso é que faz diminuir as estatísticas....


De jocasipe a 25 de Junho de 2007 às 15:07
Preocupante a 1ª referencia. Muito preocupante mesmo!
Quanto à questão dos Centros... bem a história já tem barbas... e até aos pés!
Não consegui ler a coluna do AB...


De Elisabete a 25 de Junho de 2007 às 14:28
Muito há a dizer sobre os centros de emprego. Depois de estar inscrita durante um ano e meio, acabei por desistir porque já se estava a tornar ridículo. Chamavam-me todas as semanas simplesmente para me dizerem que a procura de licenciados era reduzida e que não tinham nada para mim.
Já um familiar meu teve de lidar com atitudes ainda mais interessantes, como a do incentivo a desistir da inscrição no centro de emprego porque não estava a receber subsídio.


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds