Quarta-feira, 16 de Abril de 2008
Foi assim
Consegui, finalmente, ler o livro de Zita Seabra. Gostei. Gosto muito de história e acho que há muito poucos testemunhos deste género em Portugal. Devia haver mais. Impressionou-me a violência. Relata alguns episódios de violência física, mas a violência psicológica deixou-me siderado. A expulsão do PCP, as críticas (tudo menos) políticas, etc... Enfim, um depoimento na primeira pessoa, que ajuda a perceber a tragédia que foi e tem sido o Comunismo. Decidi escolher uma citação que me impressionou particularmente. Não transmite nada de novo, mas vindo de quem vem tem um especial significado:

As grandes campanhas dos comunistas nunca foram de confronto ideológico, nem em Portugal, nem noutro país. É raro um comunista discutir ideologia ou ideias: isso fazem os "verbalistas pequeno-burgueses". Os comunistas atacam pessoalmente.

Zita Seabra in Foi assim


publicado por Ricardo Cataluna às 16:46
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De RCataluna a 22 de Abril de 2008 às 19:40
@h:

Foi exactamente isso de que me lembrei...


De H a 20 de Abril de 2008 às 15:39
rcataluna - para mim, quiçá a melhor frase do livro! E explica muito! Aliás.. basta olhar para as caixas de comentários de alguns blogues...


De RCataluna a 18 de Abril de 2008 às 18:42
@noctivaga:

Exactamente! Completamente de acordo!


De noctivaga a 18 de Abril de 2008 às 01:47
Também já li o livro. Achei que foi um exelente testemunho feito na 1ª pessoa. Foi inteligente, mudou... tardiamente, é certo, mas mudou.


Comentar post

Contacto
Mail
O meu perfil
pesquisar
 
Posts Recentes

Ponto final

Vindo de quem vem, é supo...

Guia de resgate

Este vai longe...

Fim do terror (?)

Dose Dupla:Soundgarden/Ni...

Blog novo

Espírito de Exigência

Em exibição

Dose Dupla: R.E.M (Mais v...

Arquivos
tags

todas as tags

Favoritos

A Inquisição voltou. Nós ...

Links
subscrever feeds